quinta-feira, 17 de abril de 2008

Estou desanimando novamente, droga!

Estou desanimando novamente, droga!
Estava empolgada com a faculdade, com a renovação de meu contrato, e de todas as coisas boas e cansativas que me fazem parte do meu dia a dia...
Mas, desanimei denovo.
Como pode?! Um ser como eu....movida de altos e baixos, uma hora quer, outra hora não quer.
O fato de não ter tempo e nem dinheiro para nada, me deprime profundamente. (ninguém sabe disso, eu acho).
Não gosto de expor meus problemas para ninguém...não gosto de atrapalhar – As vezes sou o que odeio que as pessoas sejam.
Não vejo mais futuro aqui. Quero ver como é a vida lá fora.
Eu até tenho essa oportunidade, só tenho que ajoelhar e agradecer muito por ter condições, mesmo sendo dificil.
Mas o grande e imenso PORÉM é deixar as pessoas que amo aqui. Claro que não é pra sempre.
Puxa vida, agora que me encorejei de ir (pq não é facil), as pessoas de quem gosto não me dão apoio. Sei lá....
Tô sem perspectiva de vida.
E eu sei, que daqui alguns dias, meses, ou até anos....pode ser também até na outa vida...Eu sei, tenho total certeza de que irei me encontrar, ter certeza do que quero fazer.

Eu não quero ficar minha vida inteira tabalhando num lugar fechado, pra sempre. Fazendo todos os santos dias as mesmas coisas...
Não, isso não é para miM!!!
Quero trabalhar com qualquer coisa decente lá fora, juntar minha graninha, voltar, e arranjar um lar pra eu morar.
Quero muuuito ter meu canto, ter minha paz.
Eu não aguento mais dar despesa, e ouvir problemas de outras pessoas, mesmo estas sendo as que eu amo.
Não quero.
Sou extremamente individualista, eu acho que é isso. Eu já tenho meus probleminhas, que não são tão sérios ainda...Mas isso já é o suficiente para uma garota que está entrando na fase adulta agora.

Só sei, e tenho certeza de que estou cansada.

Eu só penso em namorar, ficar com meu namorado, o abraçando e olhando pra ele... Só o fato de ter ele ali do meu lado, já é o suficiente pra mim.
Mas eu sei que isso vai me ferrar, e afetará meu futuro...
Mas, eu não sei oq faço...
Não quero mais trabalhar, não quero mais estudar.
Quero férias, eu acho.

É ruim assim, e pior se fosse do jeito que queria...

Eu não sei, eu não sei.
Estou confusa.

3 comentários:

Gicelle Archanjo disse...

Acho que eu poderia escrever um enorme e-mail sobre esse seu post, o problema é que eu choraria, repensando em um monte de coisas que normalmente já penso e terei a mesma insônia que tenho todos os dias pensando nas milhares de coisas que tenho para fazer: corrigir milhares de trabalhos e provas, pensar no Pecc e na iniciação cientifica, pensar no mestrado que quero começar, no fim de semana que chega e vai e eu nem vejo... rs pensar no quadro que quero pintar e não tenho tempo e nas ilustras que tb penso e não consigo registrar em lugar nenhum. Enfim, nada é fácil. Como eu sempre te digo, cada texto que vc escreve me vejo mais em vc, rs eu nunca me enganei sobre isso, desde o primeiro momento que te vi me vi em vc, a mesma menina que eu era. vc sempre me pareceu mil vezes mais corajosa que eu, era no colegial a menina que eu teria sido se tivesse coragem. Hoje eu sou quem deveria ter sido há dez anos atrás, bom... isso me faz um pouco feliz, mas a constatação de que sou anti-social e que muitas vezes não tenho paciência com as pessoas me deixam mal... ao mesmo tempo que não posso me anular por outras pessoas... sou egoísta! rs sei lá... já escrevi o tal e-mail gigante em simples comment! Barbara vc deve ser forte e persistente, lembra daquele livro que falei para vcs no 2 colegia? Cartas a um jovem poeta? vc já leu??? muitas vezes eu leio qdo me sinto mal... ou então choro, choro sozinha e abraço o meu gatinho, os gatos me fazem bem... vc não gosta de gatos se bem me lembro! rs me identifico com eles! Boa sorte para vc em todos os campos, e gosto muito de escrever para vc, as vezes acho que vc pode me entender, são poucas as pessoas que me entendem. beijos e fique bem!

Gicelle Archanjo disse...

Acho que tem sim Barbara, é um bom livro, Cartas a um jovem poeta.

Deixei um post para vc no meu blog! depois entra lá e leia, sabe que me orgulho muito de vc! dia desses temos que conversar, nem sei se é bom eu me orgulhar de alguém... mas me orgulho de ter conhecido algumas pessoas, vc é uma delas e não falo isso por falar, pq tb não faço o tipo de falar por falar, falo pq sinto.

um beijo e fique bem.

Raphael Garcia disse...

http://walkerstruth.blogspot.com